Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Rede municipal ofertará aulas de espanhol em 2020

Rede municipal ofertará aulas de espanhol em 2020

Últimas Notícias

O prefeito de Apucarana ressalta que o espanhol é a segunda língua mais falada no mundo e que o estudo deste idioma amplia a conexão com os países do Mercosul. (Foto: Edson Denobi)
publicado: 26/08/2019 14h45 última modificação: 09/01/2020 15h28

Espanhol na rede municipal em 2020

Além das aulas de inglês que já são ministradas na rede municipal de ensino, Apucarana ofertará também o espanhol a partir de 2020. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (29/07) pelo prefeito Junior da Femac. A forma como esse ensino será implantado ainda será definida, podendo ser através de um convênio com a Universidade Estadual do Paraná (Unespar) ou com a abertura de concurso público para a contratação dos professores.

A novidade foi divulgada após reunião realizada no gabinete e que contou com a presença de Daniel Fernando Matheus Gomes, diretor do campus Apucarana da Unespar, de Leonardo Sartori, vice-diretor, de Amábile Piacentine Drogui, coordenadora do curso de Letras Espanhol e do professor do curso Enrique Nuesch.

O prefeito de Apucarana afirma que a introdução do espanhol já vinha sendo discutida com a professora Marli Fernandes, diretora-presidente da Autarquia Municipal de Educação. “Apucarana já oferece na gestão Beto Preto o inglês do pré ao 5º ano e agora , a partir do 1º semestre do ano que vem, pretendemos disponibilizar o espanhol para todos os alunos da rede municipal de ensino”, reitera Junior da Femac.

O prefeito ressalta que o espanhol é a segunda língua mais falada no mundo e que o estudo deste idioma amplia a conexão com os países do Mercosul. “Existe já uma integração econômica, cultural, digital e também de fronteiras, pois o Paraná faz divisa por exemplo com o Paraguai e a Argentina”, observa.

Junior da Femac afirma que, junto com a equipe da Autarquia Municipal de Educação e a Procuradoria Jurídica do Município, será estudada a melhor forma de implantação da iniciativa. “Até o final do ano vamos preparar a questão documental, de currículo e jurídica para que os nossos estudantes já possam começar o próximo ano letivo com essa novidade”, assinala.

A secretária de educação, professora Marli Fernandes, diz que o inglês – que não é exigência no Ensino Básico – já ofertado desde 2014 para as turmas do pré ao 5º ano nas escolas públicas de Apucarana. “Agora, ao adicionar o espanhol, é uma forma de incrementar uma das competências gerais, que tratam da comunicação na Base Nacional Comum Curricular”, avalia a secretária.

Conforme assinala Marli Fernandes, garantir o inglês nesta faixa etária foi um ganho significativo. “Com o espanhol, as crianças terão contato com três línguas, o que favorece a comunicação, a interpretação e a expressão oral, além de oportunizar o conhecimento de outras culturas”, pontua a professora.

De acordo com Daniel Fernando Matheus Gomes, diretor da Unespar, o curso de Letras Espanhol foi implantado em 2013 pela instituição de ensino. “Buscamos trabalhar com turmas menores para garantir a boa capacitação dos profissionais. São em torno de 10 professores por ano que concluem o curso e, como ele foi implantado em 2013, até o final deste ano teremos formado cerca de 50 professores”, salienta o diretor da Unespar.

Amábile Piacentine Drogui, coordenadora do curso de Letras Espanhol da Unespar, afirma que a matriz curricular possui uma disciplina específica para capacitar os professores no ensino de crianças. “Temos a disciplina Ensino de Espanhol para Crianças, para que os professores saibam atuar neste contexto. O objetivo é preparar os professores a trabalhar o lúdico, o desenvolvimento da criatividade e o gosto pelas línguas estrangeiras”, frisa Amábile.

A coordenadora cita um levantamento do Instituto Cervantes, que aponta o  espanhol como a segunda língua mais falada no mundo, perdendo apenas para o mandarim. “Ocupa também o segundo lugar nas redes sociais mais importantes da atualidade, é opção nos exames específicos para ingresso nas universidades brasileiras, também sendo aceita nos programas de mestrado e doutorado de distintas áreas do conhecimento. Além da relevância do espanhol no mundo, o Brasil está geograficamente localizado entre sete países hispano-falantes. Portanto,  estudar esse idioma é conhecer a língua de nossos vizinhos e melhor aproveitar as relações fronteiriças”, avalia Amábile.

 

Artigo disponível em Prefeitura Municipal de Apucarana: http://www.apucarana.pr.gov.br/site

URL do artigo: http://www.apucarana.pr.gov.br/site/rede-municipal-ofertara-aulas-de-espanhol-em-2020/